5 DICAS PARA TRABALHAR NA EUROPA

5 DICAS PARA TRABALHAR NA EUROPA

E aí galera!! Beleza? Hoje eu vou contar para vocês 5 dicas para trabalhar na Europa.

Antes de mais nada, para você vir trabalhar na Europa, você tem que se encaixar nas três situações seguintes: vir para o país europeu que você escolheu para estudar a língua daquele país, e posteriormente continuar os estudos; ter cidadania europeia; ter um diploma de curso superior no Brasil.

Sabendo disso, começamos pela dica número 1.

  • Dica 1 – você precisa validar o seu diploma de curso superior no país europeu que você escolheu. Para isso, você precisa pesquisar no órgão do governo do país europeu de sua escolha e verificar se o curso que você realizou, na universidade que você estudou, é reconhecido por este órgão. Mas aí você pode se perguntar: qual o órgão do governo eu devo procurar, e como entrar em contato? Você deve procurar o Ministério do Trabalho do país de sua escolha. E para entrar em contato, procure informações na embaixada do país no Brasil. Se o seu curso e a universidade que você estudou são reconhecidos, você já pode se candidatar a uma vaga. Mas pode acontecer que ambos não sejam reconhecidos. Dessa forma, você precisa entrar com um processo de validação do seu diploma, para conseguir esse reconhecimento, e assim ser possível se candidatar a uma vaga de emprego.
  • Dica 2 – você precisa falar o idioma do país de sua escolha. Para isso, de forma a aumentar as suas chances de conseguir uma vaga, é recomendado que você tenha um nível B2 de conhecimento da língua. Na Europa, a classificação de conhecimento do idioma segue um padrão, que parte do nível A1 (menor conhecimento) até o nível C2 (maior conhecimento). Portanto, a classificação recomendada B2 é de conhecimento intermediário para avançado.
  • Dica 3 – candidate-se a uma vaga de emprego que se encaixe perfeitamente com a sua experiência profissional. Aqui na Europa as pessoas começam a trabalhar em uma área, e geralmente não mudam até a sua aposentadoria. Portanto, é recomendado que você mantenha o mesmo padrão.
  • Dica 4 – escolha a região do país que você deseja morar onde existam mais oportunidades de emprego na sua área de experiência profissional. Por exemplo, eu sou engenheiro mecânico na área automotiva, e dentro da Alemanha, país que eu escolhi primeiramente, escolhi a cidade de Stuttgart, pois lá existe uma grande concentração de oferta de empregos na minha área de experiência. Procedendo dessa forma, fica mais fácil para conseguir um trabalho, devido à maior oferta de vagas de emprego.
  • Dica 5 – cadastre-se no portal online de vaga de empregos. Cada país possui um portal online, no qual as empresas cadastram as vagas de emprego, e você pode verificar quais as que estão disponíveis. Você pode também se cadastrar no portal e assim receber as informações sobre os empregos disponíveis na sua área, e posteriormente se candidatar àquele que mais se encaixa ao seu perfil profissional.

Então pessoal, essas foram as dicas de hoje para você que quer trabalhar na Europa. Qualquer dúvida que você tiver, é só comentar aqui embaixo.

Um grande abraço e até o próximo post!

Comente aqui