Produtos importados: onde é mais barato – na Europa ou no Brasil?

Produtos importados: onde é mais barato – na Europa ou no Brasil?

Produtos importados: onde é mais barato – na Europa ou no Brasil? Que no Brasil os produtos importados são muito caros nós já sabemos! Mas, comprá-los direto da Europa, pagando taxas de serviço de redirecionamento de encomendas ou compra assistida, mais frete e ainda um possível imposto pode ficar mais barato do que comprar no Brasil? Você vai descobrir se é mais barato ou não agora!!

Por que importados são tão caros no Brasil?

No Brasil os produtos importados são muito caros. Existem vários fatores que contribuem para que isso aconteça.

Tributação alfandegária

O primeiro deles, e também o mais conhecido, é a tributação elevada sobre produtos importados.

O Brasil cobra vários impostos sobre esses produtos. Entre eles estão o II, que é o Imposto de Importação, o IPI, que é o Imposto sobre o Produto Industrializado, e também o ICMS, que é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Um fator que colabora nos altos preços de produtos importados é o desembaraço aduaneiro. O comerciante precisa pagar todos os impostos à vista!

Ou seja, é um peso enorme sobre ele. Além de tudo isso, os impostos são calculados não só a partir do valor do produto, mas também são incluídos o frete e o seguro juntos, fazendo com que o imposto seja ainda maior.

Frete internacional

Outro ponto, que também influencia nesses valores altos, é o frete. A maioria dos produtos importados vem da China. E como a China fica muito longe do Brasil, os produtos demoram demais para chegar, e o frete acaba saindo mais caro do que o esperado.

Licenciamento e royalties

O licenciamento de marcas é um fator muito importante, que leva ao aumento do preço do produto importado. Isso acontece quando um comerciante abre uma loja filiada a uma marca. Ele precisa pagar os royalties, que é o licenciamento para vender aquela marca.

Encargos salariais

Um detalhe muito importante é que empregar alguém no Brasil é muito caro. Para empregar alguém no Brasil, é preciso pagar 30%, 40% de encargos sobre o salário. Ou seja, se o empregador está pagando 2 mil reais no salário do empregado, ele estará pagando por volta de 3 mil reais devido aos encargos.

Transporte em território nacional

Outro detalhe que também influencia muito é o transporte da mercadoria dentro do Brasil. No Brasil é muito perigoso você transportar mercadorias dentro de um caminhão. Os assaltos aumentaram muito e junto à isso o preço do seguro do frete.

Variação do câmbio

A variação da moeda de importação é um dos fatores mais importantes. O euro e o dólar são duas moedas muito caras, muito valorizadas. E os comerciantes acabam colocando um pouco mais de preço em cima disso. E o valor vai crescendo cada vez mais.

Margem de Lucro

E por último, mas não menos importante, é a margem de lucro. Depois de todos esses impostos, seguro, frete, variação da moeda e encargos pagos, o preço final já encarece muito.

E somado a isso temos a margem de lucro. E a margem de lucro praticada no Brasil para produtos importados é muito mais elevada do que em outros países.

Produtos importados mais comprados pelos brasileiros

Na hora de comprar produtos importados, de forma online ou presencial durante uma viagem, sempre pensamos em algumas marcas específicas, que são mais caras no Brasil. Mas comprando no exterior economiza-se um bom dinheiro.

Vestuário

A primeira categoria de produtos mais comprada pelos brasileiros é a de roupas. As marcas de roupas mais queridas e importadas pelos brasileiros estão as roupas de grife.

As marcas são Lacoste, Adidas, Tommy Hilfiger, Calvin Klein, Hollister.

Cosméticos e maquiagem

A segunda categoria de produtos mais comprados pelos brasileiros aqui na gringa é a de produtos de beleza, maquiagem, skincare.

Entre as marcas mais cobiçadas estão a Mac, Laroche Posay, John Frieda, Clinique, Lancôme, Maybelline, Victoria’s Secret.

O legal de produtos de beleza, maquiagem, é que eles são produtos leves e pequenos. Então é muito fácil de você carregar na bolsa, de trazer na mala, ou até pedir no serviço de redirecionamento de encomenda, porque o frete é muito baixo.

Perfume

A terceira categoria que a gente pode citar aqui é a de perfumes de grife. Eles são muito requisitados! É impressionante realmente a diferença do preço de um perfume no Brasil e do preço de um perfume no exterior.

E entre as marcas mais cobiçadas estão Dolce & Gabbana, Coco Chanel, Calvin Klein, Gucci, Dior, entre outros. São várias marcas bem interessantes.

Acessórios e tênis

A quarta categoria de produtos muito procurada por brasileiros quando vão fazer compras no exterior é a dos acessórios. Então, bolsa, óculos, relógios, calçados, principalmente tênis de corrida ou tênis de grifes.

Entre os tênis nós temos as marcas Puma, Adidas, Nike, Converse, Vans, Asics. Nas marcas de óculos nós temos a Gucci, a Calvin Klein, Prada, e a Ray Ban também. Entre as marcas de relógio nós temos a Adidas, Casio, Michael Kors, Diesel, Invicta. E por último as bolsas. Então, marcas de grife como Michael Kors, Guess, Calvin Klein, Louis Vuitton, Prada, são algumas das marcas mais cobiçadas.

Normalmente óculos e relógios são coisas muito pequenas e muito fáceis de transportar. Então é muito fácil para você comprar durante uma viagem. Dentro de uma mala cabem vários relógios.

E além disso, se você quiser comprar direto online, também vale a pena, porque o frete vai ser muito barato, já que são itens pequenos. 

Enxoval de bebê

Outra categoria também muito comum de se encontrar é a de enxoval de bebê. E isso porque, mesmo com a desvalorização do real, fazer o enxoval do bebê no exterior, nos EUA, na Europa, pode custar até 3 vezes menos!

Além disso, existem vários acessórios mais tecnológicos, bem interessantes para usar com o bebê ou durante a gestação, que nunca vão chegar no Brasil.

Suplemento alimentar

E por último, uma categoria que também é muito procurada fora do Brasil, é a dos suplementos alimentares. Porque fora do Brasil existem muito mais itens, tipos de suplementos, e uma variedade muito maior de marcas e com um preço bem acessível. 

Vários desses itens valem muito a pena serem comprados no exterior para revender no Brasil, porque o preço fora do Brasil é muito mais acessível. Mesmo que você tenha que pagar a taxa de importação, vale muito a pena.

Quanto custa comprar produtos importados direto na Europa

Para saber quanto custa comprar produtos importados direto na Europa, vamos considerar duas variantes. Você pode fazer compras durante uma viagem ou você pode fazer compras online – direto do Brasil em uma loja que entregue no Brasil, ou mesmo em lojas que não entregam no Brasil, mas que você pode usar o redirecionamento de encomenda, pagar uma taxa de serviço para isso, mais o frete, mais o seguro.

E daí? Vai valer a pena? Quanto vai custar? E vai ficar mais caro do que no Brasil? Ou mais barato? 

Compras direto na Europa durante uma viagem

Vamos considerar a primeira variante que é durante uma viagem. Se você for viajar só para fazer compras, normalmente acaba saindo mais caro, porque você vai ter que pagar a sua passagem, e vai ter limitação de bagagem. E quando você chegar na alfândega, você pode ter a necessidade de declarar. Mas isso só se você fizer compras acima de 500 dólares. 

Compras direto na Europa em lojas online

Então nesse sentido a melhor solução é fazer compras online na Europa ou nos EUA, e contratar um serviço de redirecionamento de encomendas. Vamos fazer o cálculo para ver se vale a pena comprar na Europa ou comprar no Brasil, mesmo que você tenha que pagar essas taxas a mais. 

Eu peguei três categorias de produtos para a gente fazer uma comparação: categoria de roupas, skincare, e de eletrônicos. Vamos considerar o valor do produto, mais o valor do serviço, valor do frete, mais o valor do possível imposto. 

Lembrando que vamos fazer esse cálculo com o serviço de redirecionamento de encomendas. Se você contratar um serviço de compra assistida, pode ficar um pouco mais caro.

E se você comprar na loja direto, você pode acabar pagando um frete muito alto, ou ter que gastar uma quantidade maior de euros ou dólares que você gostaria de gastar para que você consiga ter o frete grátis. Só que isso pode implicar numa maior chance de você ser taxado na alfândega.

Exemplo 1: Skin Care importado The Ordinary

Vamos considerar um produto The Ordinary, que no Brasil custa em média 120,00 reais.

Na Europa um frasquinho desse custa em torno de 7,00 euros. Isso dá aproximadamente 35,00 reais.

Se a pessoa compra um produto / um frasquinho, mais o frete, mais a taxa de serviço, ele vai pagar cerca de 135,00 reais ao invés de 120,00 reais no Brasil. Ou seja, comprar um frasquinho único da The Ordinary aqui na Europa é mais caro usando esse serviço do que comprar no Brasil.

Então vamos fazer uma comparação com 2 produtos da The Ordinary. Dois frasquinhos de 35,00 reais. Então os 2 produtos mais o frete mais a taxa de serviço, no total você vai pagar 170,00 reais. Se você fosse pagar no Brasil esses dois frasquinhos você pagaria 240,00 reais.

Isso significa que se você comprar 2 frasquinhos, você já está economizando 70,00 reais. 

Exemplo 2: vestido Zara

Agora vamos falar sobre um vestido da Zara. A Zara é uma marca de roupa que os brasileiros gostam muito. E para fazer essa comparação, vamos considerar um vestido da Zara do Brasil que custa 319,00 reais no Brasil.

Esse mesmo vestido na Europa custa 39,00 euros. Ou seja, aproximadamente 234,00 reais. Considerando esse vestido mais o frete, você pagaria nesse vestido aqui na Europa 334,00 reais ao invés de 319,00 reais.

Mas se você comprar 2 desses vestidos na Zara da Europa você vai pagar 468,00 reais mais 100,00 reais. Ou seja, 568,00 reais, enquanto que no Brasil você pagaria 638,00 reais. Isso dá uma economia de 70,00 reais! 

Exemplo 3: vestido Zara em Sale

O mesmo vestido do exemplo anterior entrou em promoção e agora, de 39,00 euros, ele está custando 19,90 euros. Isso quer dizer 100,00 reais aproximadamente. Então o vestido que era 234,00 reais está 100,00 reais, enquanto que no Brasil ele ainda está 319,00 reais.

Na Europa ela já é 3 vezes mais barato do que no Brasil. Então se você comprar 1 vestido, você vai pagar no vestido, mais a taxa de frete, mais a taxa de serviço, 200 reais. Isso significa que você vai economizar 119,00 reais comprando 1 vestido na promoção. Olha só que legal!

Agora vamos considerar 2 vestidos, com a taxa de frete, mais a taxa de serviço. Você pagaria 300,00 reais em dois vestidos! Isso quer dizer que você economizaria 338,00 reais em 2 vestidos.

Vamos fazer a conta para 3 vestidos, só para a gente terminar essa comparação. 3 vestidos, mais frete, mais a taxa de serviço sairiam 400,00 reais. Isso significa uma economia de 557,00 reais em 3 vestidos da Zara em promoção. Olha só que louco!

Outra coisa muito interessante é que no redirecionamento de encomenda a gente tem a opção de declarar a sua encomenda de uma forma genérica. Essa é uma estratégia bem interessante para você não ser taxado. Então você pode escolher declarar de uma forma, não como um produto de uma marca específica, mas como um produto genérico. Isso pode também diminuir a chance de você ser taxado, que a gente pode fazer uma declaração um pouco mais enxuta, digamos assim.

Exemplo 4: Tablet

Neste exemplo vamos levar em consideração o imposto de importação. Se encomendar caixas leves, pequenas, descaracterizada e com uma declaração genérica, raramente vai ser taxada. Mas vamos dizer que você vai ser taxado. Vamos fazer essa conta? Então vamos lá!

Eu peguei como exemplo para essa conta o Samsung Tab S6. Este tablet no Brasil custa cerca de 6265,27 reais. Aqui na Europa o valor, comprando em uma loja aqui, custa 676,99 euros, 677,00 euros. Ou seja, mais ou menos 3385,00 reais. Isso significa que ele mais a taxa de serviço mais o frete custariam 3559,50 reais.

Vamos dizer que você vai pagar 60% de imposto sobre isso. Porque lembrando, o imposto não é só sobre o valor do produto, mas sim sobre o valor do produto mais frete e mais qualquer outra coisa – na verdade eu até incluí a taxa de serviço de redirecionamento de encomenda e nem precisava.

Mas você vai pagar até 60% de imposto. Isso significa que não necessariamente você vai pagar 60%, depende da categoria, depende do nicho, depende de várias coisas. E eles podem cobrar até 60%. Então você pode pagar 10%, 20%, 30%, 40%, 50% e até 60% de imposto em cima desse produto.

Então vamos dizer que você pagou o imposto, e você vai pagar então no total para esse tablet aqui na Europa 5585,20 reais, ao invés de 6265,27 reais. Isso dá uma economia de 680,00 reais.

Assim podemos chegar a conclusão de que realmente é muito mais barato do que comprar importados na Europa do que no Brasil!

Vale muito a pena comprar na Europa, mesmo que você pague taxa de serviços de redirecionamento de encomendas. Porque você ainda vai ter outras vantagens com esse tipo de serviço do que se você comprar diretamente numa loja. Você vai ter uma consultoria melhor, você vai ter dicas melhores para você comprar, vai ter uma orientação para isso, e o cuidado especial na sua mercadoria.

Comente aqui