Correio e imposto de importação

Correio e imposto de importação

Uma das maiores preocupações na hora de enviar ou receber uma encomenda do exterior são as taxas de impostos cobradas pela alfândega. E isso não é a toa, uma vez que o valor de impostos cobrados sobre produtos importados pode chegar a 60% sobre o valor do produto, além do ICMF (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e a própria taxa dos Correios. Se você quer entender melhor como funcionam os impostos sobre produtos importados e como diminuir as chances de ser taxado na alfândega, vem comigo que você vai entender tudo sobre este assunto neste post.

O que é importação?

A importação é o processo comercial e fiscal de trazer um produto ou serviço vindo do exterior. Ou seja, sempre que você compra alguma mercadoria, algum produto ou serviço em outro país, você está praticando a importação. E sobre este tipo de comércio sempre existe uma cobrança alfandegária. Assim, sempre que você consome algum produto importado, você está sujeito a taxas ou impostos de importação. No entanto, existem leis específicas que regem a aplicação das taxas. 

O que é imposto de importação?

O imposto de importação é uma tarifa alfandegária cobrada pelo governo federal sobre um produto estrangeiro. Este imposto, conhecido como II (Imposto de Importação), está presente em todos os países e é utilizado para regularizar o comércio internacional. Existem algumas categorias na cobrança dos impostos de importação, como o regime de tributação simplificada e o regime de tributação especial. Também há uma variação na cobrança do imposto quanto a natureza do importador e o fornecedor pessoa física ou jurídica. Mas nosso foco aqui é a cobrança de imposto sobre comprinhas que você faz no exterior e que eventualmente podem ser taxadas ao chegar no Brasil.

guia de lojas online para fazer compras na europa

Como saber se vou ser taxado com impostos de importação e qual o valor?

De forma simplificada, você pode esperar uma taxação sobre sua compra sempre que o valor do produto, somado com o valor do frete mais o seguro, ultrapassarem 50 dólares. O valor cobrado é de até 60% do valor total. Ou seja, se você comprar uma mercadoria no valor de 40 dólares, e o frete mais o seguro de transporte do mesmo somarem 20 dólares, sua mercadoria custará 60 dólares. Assim, você poderá ser taxado em 36 dólares – 60% do valor do produto somado ao frete mais o seguro de transporte.

Existem diversas regras que podem influenciar o valor cobrado, como a categoria do produto. Por exemplo, livros não são taxados. Mas, de forma geral, você pode considerar a regra acima.

Leia este post para saber o que vale a pena comprar na Europa.

5 dicas para não ser taxado ou diminuir as chances de ser taxado no correio

No vídeo a seguir você vai encontrar algumas dicas incríveis que podem ajudar você a evitar ser taxado. Como por exemplo, um serviço de redirecionamento de encomenda. Confira:

Este post tem 2 comentários

Comente aqui