COMO É O PROCESSO PARA O VISTO DE TRABALHO NA EUROPA?

COMO É O PROCESSO PARA O VISTO DE TRABALHO NA EUROPA?

Hoje eu vou contar para vocês como é o processo para brasileiros adquirirem o visto de trabalho aqui na Europa.

 O processo que vou explicar é para os brasileiros que já passaram pela entrevista de emprego, e já foram aprovados para a vaga à qual concorriam. Brasileiros só podem trabalhar em um país europeu se tiverem a permissão de residência. Caso contrário, o processo será ilegal. E é por isso que é tão importante o processo que vou explicar.

 Para processo de requisição do visto de trabalho, existem duas formas diferentes para consegui-lo, de acordo com um único fator: você possuir ou não cidadania europeia.

 

Primeiramente vou falar sobre o processo para quem não possui cidadania europeia, que representa a maior parte dos cidadãos brasileiros.

 

Na requisição do visto de trabalho, existe uma regra nos países da Europa em que os trabalhadores do país no qual a empresa está situada e os trabalhadores europeus tem prioridade em relação aos trabalhadores de fora da União Europeia. A regra é bem simples:

1 – para uma determinada vaga de emprego, na qual uma empresa pretende contratar um cidadão de fora da União Europeia, um órgão do governo vai primeiramente procurar por um cidadão do próprio país, que esteja disponível no mercado de trabalho, que possua no mínimo as mesmas qualificações do trabalhador não europeu. Se o governo achar um candidato, a empresa não poderá contratar o cidadão não europeu, que ficará sem o seu visto de trabalho (permissão de residência) para aquela determinada vaga. Mas se o governo não achar, haverá uma segunda verificação.

2 – não encontrando um trabalhador do próprio país, o governo vai procurar então por um trabalhador europeu disponível com no mínimo a mesma qualificação do trabalhador não europeu. Se o governo encontrar um candidato de dentro da União Europeia, o candidato não europeu não poderá ser empregado pela empresa, e não será possível conseguir o visto de trabalho para aquela vaga de emprego. Mas se o governo não encontrar um trabalhador europeu com no mínimo as mesmas qualificações do candidato não europeu, a empresa poderá contratá-lo, e assim o visto de trabalho poderá ser emitido.

 

Agora, para você que é brasileiro e possui cidadania europeia, você precisará ser aprovado apenas no passo 1 descrito acima, no qual o governo procurará por um candidato do próprio país onde a empresa se situa, dando preferência pelo candidato “da casa”. Mas se você estiver procurando por um emprego no próprio país no qual você tem cidadania, então você será considerado como cidadão daquele país e não precisará ser aprovado nos processos descritos acima. Passando pela entrevista de emprego, você estará empregado. E daí é só fazer as malas e partir para o emprego dos sonhos aqui na Europa!

Lembrando que este é o processo para vagas de emprego que exigem grau superior e especialização na área de atuação profissional. Já que brasileiros só podem trabalhar na Europa com ensino superior em algumas áreas onde existem deficiência na quantidade de mão de obra altamente especializada, como engenharia, tecnologia e medicina. Ou cidadão com cidadania.

 Esperamos que este post ajude você a entender melhor como funciona o processo para conseguir um visto de trabalho aqui na Europa! Qualquer dúvida escreva aqui embaixo nos comentários.

 

Grande abraço e até o próximo post!

 

IMAGEM: https://pixabay.com/de/h%C3%A4ndedruck-handschlag-hand-geben-2056023/

Este post tem um comentário

Comente aqui